sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

coração sitiado

há um velho conhecido meu tentando dar um golpe dentro de mim. ele está aqui, mora aqui há tanto tempo quanto eu. ele se parece muito comigo, tanto que às vezes me confundo com ele. reinou por muito tempo, há alguns anos, porém, foi destituído. não se conformou. não é mais um governante legítimo (nunca o fora, mas não existem testemunhas do tempo em que ele não governava), mas ainda tem muito poder e influência, além de ser profundo conhecedor dos dois regimes. ele é tirano e não aceita oposição. sua ordem é destruir e estabelecer seu governo em cada esquina da minha alma. é rebelde por natureza e essência; ele cresce e domina quando não ofereço resistência; é uma espécie de parasita que se alimenta da minha ignorância e preguiça. mas outro reino foi estabelecido. há outro governo aqui... e legítimo. a guerra está então declarada. é contra ele, não contra mim. o impostor está com os dias contatos.

4 comentários:

Renner disse...

Salve, salve Manning. Essa á a luta de todos nós, meus amigo, de todos nós.

André von Held Soares disse...

Li este texto há um tempo, mas não comentei na época.
Que caiam as muralhas, rufem os tambores e se declare guerra!
Beijos mil.

Savana disse...

Adorei GIl! Saramago de Niterói!

bruno:cunha disse...

Tinha que ter um botão de "Curtir" aqui, igual o que tem no Facebook. (: